Muriaé Intervalos NubladoMax 28º
Min  15º
13/07/2017 « Voltar

'A lei é para todos', filme sobre a Lava Jato, estreia no Dia da Independência

'A lei é para todos', filme sobre a Lava Jato, estreia no Dia da Independência
Foto: Divulgação

'Polícia Federal - A lei é para todos', o filme que conta bastidores da Operação Lava Jato, estreia nos cinemas em 7 de setembro. O longa destaca cenas de ação, histórias da força-tarefa e personagens que ganharam relevância a partir das investigações, desde o início até março de 2016, sob a ótica da equipe da Polícia Federal.
 
O filme é inspirado no livro homônimo de autoria de Carlos Graieb e Ana Maria Santos. O longa monta o passo a passo da investigação e os esforços para desvendar o esquema de lavagem de dinheiro e desvios para pagamento de propina para executivos da Petrobras, empreiteiras, partidos políticos e parlamentares. O elenco tem Antonio Calloni, Flávia Alessandra, Bruce Gomlevsky Marcelo Serrado, João Baldasserini, Rainer Cadete e Ary Fontoura.
 
Ambientado no Paraná, estado onde nasceu a operação, o longa parte do ponto de vista do delegado Ivan (Antonio Calloni), que coordena a força-tarefa em conjunto com o Ministério Público e mostra os bastidores: obstáculos, conflitos e as pistas que levaram esses policiais ao esquema de desvio de dinheiro público.
 
Segundo o diretor Marcelo Antunez, a história da operação não poderia passar em branco.
 
"Gosto muito de poder abordar uma questão de agora ou do futuro que afete a vida de todos nós. Esse filme tem um quê de realização pessoal pra mim. É exatamente o que eu adoraria fazer e, enfim, apareceu uma circunstância sensacional. Por ser um assunto que mexe com o país inteiro, a Lava Jato atrai mais ainda a atenção. É uma oportunidade ótima para inserirmos um thriller", afirma.
 
O produtor Tomislav Blazic revela que a operação foi tomando vulto e chamou sua atenção para a necessidade de levar o assunto ao cinema.
 
"Estava desenvolvendo um filme sobre tráfico de drogas, também sob a perspectiva da Polícia Federal. Mas, de repente, a Lava Jato começou a ficar fora da curva e aquilo me fez mudar de rumo. Achei que fazer um longa com esse tema seria importante para fazer com que a sociedade reflita o mal que a corrupção gera. Um câncer maligno que precisa ser combatido", diz.
 
O distribuidor Bruno Wainer, da Downtown Filmes, aposta que todos querem saber como foi que uma investigação sobre tráfico de drogas em Curitiba acabou levando à prisão de poderosos em São Paulo, Rio e Brasília.
 
"Nós só passamos a prestar atenção na Lava Jato quando ela ficou grande. O filme conta o que veio antes", conta Wainer.


Fonte : Rádio Itatiaia




COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    











PUBLICIDADES