Muriaé Cielos NubladoMax 34º
Min  22º
JORNALISMO | 12/10/2018 « Voltar

Dia da padroeira do Brasil: bispo Dom José Eudes celebra missa na paróquia do Porto

Dia da padroeira do Brasil: bispo Dom José Eudes celebra missa na paróquia do Porto

























No dia 12 de outubro os católicos brasileiros comemoram o dia da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida - feriado nacional. Em Muriaé, as principais festividades em alusão à data são realizadas pela paróquia sediada no bairro Porto, que leva o nome da mãe de Jesus Cristo.

Nesta sexta-feira (12), a programação começou com missa às 5h30, sendo outra celebração realizada às 8h. Já às 10h houve batizados, seguidos de missa oficiada pelo bispo Dom José Eudes, da Diocese de Leopoldina.

Procissão

Às 18h fiéis sairão em procissão da igreja do Rosário até a matriz do Porto, onde será celebrada missa às 19h, com gastronomia na sequência.

Festividades também no dia 21

E a paróquia estará em festa também no dia 21 de outubro (domingo). Na data haverá missas durante a manhã (às 7h e 9h) e às 10h será realizado leilão de bezerros, com cantina, seguido de almoço com churrasco.

Já à noite será celebrada missa, às 19h, oficiada pelo pároco local, padre Carlos Henrique Mariosa.

História

Nossa Senhora Aparecida é o nome que acabou sendo dado a uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, feita de terracota, com 36 centímetros de altura e 2,5kg que, conforme a história, foi encontrada há 301 anos, em outubro de 1717, por três pescadores no Rio Paraíba do Sul, em São Paulo.

Em virtude da forma com a qual a imagem da santa “surgiu”, logo o termo "aparecida" foi adotado pelos fiéis. O episódio foi considerado um milagre e a partir de então começaram os relatos de feitos extraordinários creditados à santa, fazendo que a pequena capela originalmente erguida em 1745 para abrigar a imagem, passasse a atrair mais e mais romeiros, se transformando aos poucos em uma cidade, hoje denominada oficialmente Aparecida.

A santa foi declarada oficialmente padroeira do Brasil em 16 de julho de 1930, por meio de decreto do Papa Pio 11º. Até então, o padroeiro do país era São Pedro de Alcântara, que passou a ser considerado o segundo padroeiro do Brasil.

Atualmente a cidade de Aparecida é o principal ponto de turismo religioso do país. A cada ano, aproximadamente 12 milhões de pessoas visitam o Santuário Nacional, que recebeu os três últimos papas do catolicismo, João Paulo 2º, Bento 16 e Francisco. No dia dedicado à santa (12 de outubro) cerca de 200 mil pessoas visitam a cidade.

 

Texto: Rádio Muriaé - reprodução na íntegra ou parcial do conteúdo (texto e imagem) permitida somente mediante crédito.

 



Fonte : Radio Muriaé




COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    











PUBLICIDADES