Muriaé Céu nublado com chuva leve
Max 31º
Min  20º
JORNALISMO | 12/10/2017 « Voltar

Morre Renato Mercante, a voz que por 3 décadas marcou apurações de eleições na Rádio Muriaé

Morre Renato Mercante, a voz que por 3 décadas marcou apurações de eleições na Rádio Muriaé
A última atuação de Renato na 1140 se deu na apuração das eleições municipais de 2016
Mercante atuou como âncora na apuração da 1140 nas eleições municipais de 2016
O jornalista foi vítima de um derrame cerebral e faleceu em Itaperuna (Foto: Rádio Itaperuna Gospel FM)

Mercante na central de apuração da 1140, com os comentaristas, Paulo de Sousa e Mário Neto

Ao lado do diretor geral, Paulo Roberto, Renato participou da 1ª entrevista do prefeito Grego após eleito


Faleceu nesta quarta-feira (11), no Hospital São José do Avaí, na cidade de Itaperuna, no Noroeste fluminense - a cerca de 60 km de Muriaé - o jornalista e radialista Renato Mercante, dono da voz que por três décadas marcou a cobertura de apuração de eleições na Rádio Muriaé.

José Renato Martins Mercante era natural de Miracema, também no Noroeste fluminense, e segundo informações da Rádio Itaperuna Gospel FM, foi vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) e chegou a passar por uma cirurgia, mas seu quadro apresentou piora, resultando no óbito.

Em sua cidade natal, Renato Mercante fundou a Rádio Princesinha do Norte e também o jornal O tempo, que por muitos anos se destacou como um dos principais veículos de imprensa escrita do Noroeste do Estado do Rio de Janeiro.

Na Rádio Muriaé, a trajetória de Mercante como âncora no trabalho de apuração de eleições teve início na década de 1980 e, com o passar dos anos, se tornou uma tradição na cidade. Foi através da voz encorpada do jornalista que muriaeenses e ouvintes de outras cidades conheceram os nomes dos eleitos, tanto nos pleitos municipais como nas eleições majoritárias (para presidente, governador e deputados).

Renato Mercante foi correspondente do Jornal do Brasil e atuou também como assessor de imprensa de vários órgãos públicos no estado do Rio e em Minas Gerais.

O jornalista deixa a esposa, Lara, três filhas, genros e netos. O sepultamento se dará em Miracema-RJ, porém ainda não há detalhes sobre data e horário.

 



Fonte : Rádio Itaperuna Gospel FM




COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    











PUBLICIDADES