Muriaé Cielos NubladoMax 27º
Min  13º
POLÍCIA | 19/06/2019 « Voltar

Operação Nosferatus: Polícia Civil identifica Corpos Carbonizados e indicia quatro pessoas

Operação Nosferatus: Polícia Civil identifica Corpos Carbonizados e indicia quatro pessoas
Os corpos foram identificados como Luciano de Paula Carneiro e José Renato Sergio de Oliveira
(Foto: Arquivo Rádio Muriaé)

Um dos suspeitos foi preso em Linhares no ES

A arma usada para executar as vítimas também foi apreendida





A PC apreendeu armas e dinheiro na casa de um dos suspeitos em Miradouro


A Polícia Civil identificou a autoria dos Crimes relativos a dois corpos carbonizados encontrados no dia 19 de abril deste ano, no interior de um veículo, na Estrada rural que dá acesso ao Distrito de Itamurí. As vítimas foram identificadas como José Renato Sergio de Oliveira de 28 anos e Luciano de Paula Carneiro de 40 anos, conhecido como Fisiquinha.

A investigação foi feita pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa, com o apoio da Agência de Inteligência.

De acordo com a apuração, as vítimas sofreram uma emboscada na noite do dia 18 de abril, quando estavam chegando no acesso a BR 116 e foram mortas por diversos disparos de arma de fogo sendo que, na sequência, os executores ainda atearam fogo no veículo que estavam para dificultar a identificação dos corpos e os trabalhos da polícia.

O motivo do crime, segundo levantado, seria o interesse dos executores no recebimento de um Trator roubado pelas vítimas em Miraí, um dia antes de eles serem mortos.

O delegado Tayrony Espíndola, Titular da DHPP e coordenador da investigação disse que  “Ao tomarem conhecimento de que o bem seria negociado com um comprador do Espírito Santo os autores agiram em conluio, invertendo e assumindo pra si a posse do bem roubado, de maneira que eles ficassem com o produto da subtração, ao invés dos verdadeiros autores do roubo”.

Durante a investigação, que teve uma de suas fases deflagrada em Linhares (ES), com o apoio da Polícia Civil do Espirito Santo, seis pessoas chegaram a ser presas sendo que, ao final, quatro foram indiciados pelos crimes de latrocínio, ocultação de cadáver, associação criminosa armada e coação de testemunha.

Um casal de Miradouro, um homem de Orizânia e um rapaz de Linhares-ES foram indiciados e já se encontram presos temporariamente, mas podem ter suas prisões convertidas em Preventivas, quando não há prazo específico para o seu encerramento.

 



Fonte : Rádio Muriaé / Polícia Civil




COMENTÁRIOS 1


Estátua da Barra
Postado no dia 20/06/2019 - 11:58 Cidade: Muriaé - Mg
» Esse Luciano é o mesmo do cárcere privado no bairro Santana que mobilizou dezenas de polícia.

COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES