Muriaé Céu nublado com chuvaMax 30º
Min  20º
JORNALISMO | 09/10/2019 « Voltar

Outubro Rosa: em entrevista, ginecologista fala como prevenir o câncer de mama




Outubro Rosa: em entrevista, ginecologista fala como prevenir o câncer de mama
De acordo com Carlos Wilson, quanto mais cedo a doença for diagnosticada, maior as chances do tratamento ser um sucesso

Durante todo o mês de outubro é realizada em vários países do mundo a campanha “Outubro Rosa”. O objetivo é conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama.

Nesta quarta-feira (09) o entrevistado do dia foi o ginecologista obstetra, Carlos Wilson Abreu. Durante a conversa, Carlos Wilson apresentou dados divulgados pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) e esclareceu dúvidas que permeiam a mente de muitas mulheres.

De acordo com o INCA, o câncer de mama é o segundo tipo mais comum entre as mulheres, ficando atrás somente do câncer do color do útero. O ginecologista também esclareceu que em 2019 serão registrados mais de 59 mil casos de câncer de mama no Brasil, o que significa uma proporção de 56 casos para cada 100 mil mulheres.

Carlos Wilson também falou sobre a prevenção. Segundo ele, a mulher ter uma alimentação saudável, controlar o peso e praticar atividades físicas e principalmente, realizar exames de prevenção pelo menos uma vez ao ano, ajuda a minimizar o avanço da doença.

Outra recomendação é a mulher realizar o toque nos seios sempre depois do período pós-menstrual. O Ginecologista enfatizou que ao perceber um caroço estranho no corpo, a pele dos seios áspera ou aparecer alguma secreção, é importante que as mulheres procurem o médico com urgência.

Carlos Wilson também explicou que quanto mais cedo a doença for diagnosticada, mais as chances do tratamento ser um sucesso.

Clique no vídeo acima e assista a entrevista na íntegra

 



Fonte : Rádio Muriaé




COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES