Muriaé Cielos NubladoMax 29º
Min  18º
POLÍCIA | 19/06/2017 « Voltar

PM estoura rinha de galo na comunidade Stº Cristo e 17 pessoas são detidas

PM estoura rinha de galo na comunidade Stº Cristo e 17 pessoas são detidas
A estrutura foi montada em uma propriedade arrendada, segundo a PM, por um dos detidos


No local foram encontrados 19 galos; uma das aves estava morta e outras apresentavam ferimentos






Após receber denúncia a Polícia Militar (PM) estourou uma rinha de galo montada em uma propriedade rural na comunidade Santo Cristo, próximo ao distrito de Vermelho. A ação se deu na tarde deste domingo (18) e 17 pessoas foram detidas, incluindo um homem, morador de Muriaé, que segundo os militares, afirmou ter arrendado a propriedade, ser dono dos galos e responsável pela rinha.

De acordo com o registro da PM, entre os envolvidos, com idades entre 20 e 74 anos, estão 10 pessoas de Muriaé, três de Eugenópolis, três de Miradouro e uma da cidade de Rio Pomba.

Conforme o relato dos militares, ao perceber a chegada das viaturas várias pessoas correram e fugiram por um matagal existente nas proximidades. No local a PM encontrou uma estrutura montada, com arena para combates e uma “parede” de gaiolas fixas, de madeira, destinadas ao acondicionamento dos galos.

Segundo o registro, no total foram encontrados 19 galos, sendo um morto, que estava em uma das gaiolas e apresentava ferimentos na cabeça, além de alguns lesionados.

Foram recolhidos cadernos com anotações de lutas e outros itens, como medicamentos, aproximadamente 300 esporas e mais de 50 biqueiras metálicas, além de um automóvel que, de acordo com a polícia, continha em seu interior este mesmo tipo de material.

A ocorrência foi registrada pela PM como prática de abuso/maus tratos contra animais, e os 17 suspeitos foram levados para apresentação à Polícia Civil (PC) na delegacia de plantão, no bairro Safira.

A atividade é enquadrada no raw dos crimes ambientais, com pena de detenção de três meses a um ano e multa, com aumento de pena em caso de morte de aves. E como normalmente os combates entre os galos geram apostas, a prática pode envolver ainda a contravenção penal de “jogo de azar”.

E como normalmente os combates entre os galos geram apostas, a prática pode envolver ainda a contravenção penal de “jogo de azar”.

Legislação

O Decreto Federal 24.645, editado em 1934, proíbe expressamente as rinhas de galo no Brasil ao incluir a prática na lista de maus tratos definida em seu Artigo 3º:"realizar ou promover lutas entre animais da mesma espécie ou de espécies diferentes, touradas e simulacro de touradas, ainda mesmo em lugar privado”.

As rinhas de galo são consideradas crime com base no artigo 32 da Lei nº 9.605, de 1998, que trata das sanções penais e administrativas referentes a condutas e atividades nocivas ao meio ambiente. Confira:

Artigo 32 - Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 2º - A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

 

Texto: Rádio Muriaé - reprodução na íntegra ou parcial permitida somente mediante crédito.

 



Fonte : Rádio Muriaé




COMENTÁRIOS 4


Luciana
Postado no dia 19/06/2017 - 09:36 Cidade: JF - MG
» Desde o início das primeiras civilizações, o homem tem se gladiado como uma maneira de se afirmar como o mais forte. Essa mentalidade selvagem o acompanha até hoje. Seja em arenas romanas ou em ringues de MMA, a selvageria prevalece entre competidores que, no passado, foram marcados pela falta de valores morais que os separam dos animais. Não se contentando apenas em desfigurar o adversário, o bicho-Homem ainda tem a audácia de envolver os animais irracionais nesta luta onde não há vencedores ,e muitas vezes pagam com a vida. No ringue ou nas ruas, a selvageria ainda prevalece, mostra seu rosto, deixa sua marca. Assim caminha a humanidade. Para quem observa, apoia ou financia esse crime ,com certeza terá que acertar as contas com o Ser Supremo, que um dia cobrará essas terríveis atrocidades! Seja nas arenas romanas ou nas rinhas de galos, a maioria dos espectadores exaltados afirmam veementemente serem Cristãos!


angelo
Postado no dia 19/06/2017 - 14:22 Cidade: muriaé - mg
» RINHA QUE COISA MAIS ULTRAPASSADA , RIDÍCULO .


Galo Índio
Postado no dia 19/06/2017 - 15:05 Cidade: Muriaé - MG
» Observação o Frango de granja que vai para a mesa da população vive 40 dias. Um Frango índio quando começa a brigar ele no mínimo vive um ano. Quem vive mais o frango de granja ou o frango índio?


André
Postado no dia 20/06/2017 - 16:19 Cidade: Muriae - MG
» Quanto atraso, pelo amor de Deus, com tanta coisa de boa para se fazer na sociedade e as pessoas vão se envolver em rinha de galo. Porque eles não entram na rinha e se esmurram lá para os outros apostarem.

COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    











PUBLICIDADES