Muriaé Céu claroMax 27º
Min  15º
JORNALISMO | 23/04/2019 « Voltar

Quinta Turma do STJ forma maioria e reduz pena de ex-presidente Lula no caso do tríplex

Quinta Turma do STJ forma maioria e reduz pena de ex-presidente Lula no caso do tríplex
(foto: / AFP / Carlos Reyes )

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) formou maioria na tarde desta terça-feira e reduziu a pena do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no caso do tríplex do Guarujá para 8 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) havia condenado o petista a 12 anos e um mês de prisão no mesmo caso.

"Não estou julgando histórias pessoais, pessoas que tiveram em diversas situações condutas sérias, estou julgando apenas se houve a prática imputada pelo Ministério Público", disse o presidente do colegiado, Reynaldo Soares da Fonseca, que deu o terceiro voto a favor da redução da pena do petista nesta tarde.

A redução da pena pode abrir caminho para Lula migrar até outubro ao regime semiaberto, aponta o criminalista Daniel Bialski. Desde abril do ano passado, o ex-presidente está preso na superintendência da Polícia Federal em Curitiba. O ex-presidente, no entanto, responde a outros processos e já foi condenado em outro caso, o do sítio de Atibaia, em primeira instância.

Em janeiro deste ano, a juíza Gabriela Hardt condenou Lula a 12 anos e 11 meses por corrupção e lavagem de dinheiro no processo da Lava Jato que apura se o ex-presidente recebeu propina por meio da reforma do sítio. A segunda instância (no caso, o TRF-4) ainda não julgou o petista no caso do sítio.

O atual entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) permite a execução antecipada da pena após condenação em segunda instância mas o tribunal ainda não julgou o mérito de três ações sobre o tema. Esse julgamento estava marcado originalmente para 10 de abril, mas foi adiado e não há previsão de quando será retomado.

"A progressão de regime tem que ser calculada em um sexto da pena que vier a ser fixada e, dentro disso, tem que se calcular então os oito anos, dez meses e 20 dias, que daria pelo tempo de prisão que o ex-presidente já cumpre de um ano, mais ou menos em outubro do corrente ano. Só deve ser feita uma ressalva: dado que essa progressão não é automática. Para progredir de regime, tem que ter o preenchimento de requisitos subjetivos e esses requisitos subjetivos têm que ser analisados pelo juiz", observa o advogado.

"Isso depende do Ministério Público, isso depende do juiz e obviamente o juiz da execução, dentro dos critérios estabelecidos até usualmente por ele, no exame destes pedidos de progressão, vai ver se o ex-presidente possui mérito para quando der o teu tempo de pena - que deve ser mais ou menos em outubro se for mantida a pena - ele pode ir para o regime de semiliberdade", explica o advogado.

A Quinta Turma do STJ é composta por cinco integrantes. No mês passado, o ministro Joel Ilan Paciornik, no entanto, se declarou impedido de julgar o recurso de Lula - um dos advogados pessoais do ministro atua para a Petrobras, que é assistente de acusação no processo do petista.

Regras

Na abertura da sessão, o ministro Reynaldo Soares da Fonseca, disse que "todos os processos estão recebendo o tratamento devido" e que o caso de Lula está seguindo as "regras contidas" no regimento interno do tribunal.

"O tribunal da cidadania tem realizado seu compromisso com a população brasileira no sentido de ser a voz da uniformização da lei federal. O STJ não é tribunal de apelação, não é tribunal de fato, mas é o tribunal que diz o direito no que tange as leis infraconstitucionais", afirmou Fonseca.

"Não são verdadeiras quaisquer notícias jornalísticas de que em outras datas esse processo estava para ser colocado para julgamento", frisou o ministro.



Fonte : Rádio Itatiaia




COMENTÁRIOS 9


Honorato
Postado no dia 24/04/2019 - 08:11 Cidade: Muriaé - MG
» O juiz que o condenou correu pros braços do novo governo, ou seja, totalmente parcial. Vejo nada demais na diminuição da pena! Até porque a condenação está mantida. Esses mesmos que hoje estão nervosos, fecharam os olhos para outras centenas de casos semelhantes com políticos. Hipocrisia né...


Thiago
Postado no dia 24/04/2019 - 09:22 Cidade: Muriaé - Mg
» Lula livre!!!!!!


João do caminhão
Postado no dia 24/04/2019 - 09:35 Cidade: São Tomé das Letras - mg
» Quem se importa? Ele não vive nem mais 8 anos. Velho, pinguço!


Elizeu Moreira
Postado no dia 23/04/2019 - 18:34 Cidade: Muriaé - MG
» Esse país é uma vergonha.


Pedro Américo
Postado no dia 23/04/2019 - 20:59 Cidade: Muriaé - MG
» Escrevam isso: Em quatro meses ele sai da cadeia. Aposto com qualquer um.


Brasil!!!!
Postado no dia 24/04/2019 - 09:41 Cidade: Muriaé - MG
» Confirmado pelo STJ. Trata-se esse senhor de um condenado por Lavagem de Dinheiro e Corrupção. Tem ainda outros 5 processos para descer. Vai tomar um cadeião de anos e que fique muito tempo por lá, aliás, já passou da hora de passar a cumprir pena em Penitenciária... VIDA LONGA A LAVA JATO!!!


Raphael
Postado no dia 24/04/2019 - 10:22 Cidade: MURIAE - MINAS GERAIS
» Santo homem né!!! Só que não, não sei pq o bandido do filho dele ainda tb esta solto, essa justiça desse pais ta uma vergonha! Esse verme merecia era pena de morte!!!


Dermeval pedroso vasques
Postado no dia 24/04/2019 - 12:22 Cidade: Muriaé - MG
» Em setembro ele sai da cadeia o Brasil um país que so bandido tem vês lamentável e ainda tem quem os defende


valadares
Postado no dia 24/04/2019 - 22:46 Cidade: muriae - mg
» Nao era nem pra ser preso. Um barraquinho daquele, cheio de reformas, nosso Presidente merece um predio melhor.

COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES