Muriaé Intervalos NubladoMax 31º
Min  16º
POLÍCIA | 11/01/2017 « Voltar

Suspeito por sequestro em Miradouro é preso após ser baleado em troca de tiros com a PC

Suspeito por sequestro em Miradouro é preso após ser baleado em troca de tiros com a PC
A PC surpreendeu o grupo na zona rural de Carangola e o jovem ferido foi medicado antes de seguir para a DP
Segundo o delegado de Miradouro, Tayrony Spindola, 2 outros foragidos conseguiram fugir (Foto: arquivo)


Uma operação da Polícia Civil (PC) realizada na tarde desta quarta-feira (11) na zona rural da cidade de Carangola resultou na prisão de um dos três foragidos da Justiça, suspeitos de envolvimento no sequestro de um adolescente de Miradouro que foi encontrado na última seta (6) após ser libertado do cativeiro em Divino. Na ação de hoje (11) dois suspeitos conseguiram fugir e o terceiro foi preso após ser baleado.

De acordo com informações iniciais repassadas pelo delegado de Miradouro, Tayrony Spíndola, ao Departamento de Jornalismo da Rádio Muriaé, investigadores do Setor de Inteligência da Polícia Civil (PC) foram até a zona rural de Carangola para apurar a denúncia de que os três foragidos da justiça, integrantes de um grupo criminoso, estavam escondidos em uma propriedade rural.

Ainda segundo Spíndola, no local os policiais, sob o comando do delegado Glauco Seguro, da delegacia de Carangola, encontraram os suspeitos e os mesmos resistiram à ação policial e houve troca de tiros. Um dos foragidos foi atingido por disparo na perna e preso. Já os outros dois suspeitos conseguiram fugir.
 
Ainda conforme o delegado, equipes da Polícia Civil na região foram chamadas para reforçar as buscas aos outros dois fugitivos.
 
O homem baleado recebeu atendimento médico e será levado para a delegacia.
 
O jornalismo da Rádio Muriaé segue acompanhando o desenrolar da operação, e novas informações a qualquer momento.
 

Texto: Rádio Muriaé - reprodução na íntegra ou parcial permitida somente mediante crédito.



Fonte : Rádio Muriaé




COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    











PUBLICIDADES