Muriaé Céu nublado com chuvaMax 33º
Min  21º
JORNALISMO | 03/12/2019 « Voltar

Testes do pezinho e da orelhinha estão sendo realizados pelo Centro de Saúde da Mulher e da Criança.

Testes do pezinho e da orelhinha estão sendo realizados pelo Centro de Saúde da Mulher e da Criança.
Foto : Agencia Brasil

O Centro de Saúde da Mulher e da Criança está oferecendo dois importantes exames para os recém-nascidos: os testes do Pezinho e da Orelhinha. Ambos os exames, que fazem a triagem de diversas doenças, estão sendo oferecidos de forma gratuita pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde.
 
O Teste do Pezinho é feito de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 11h30min. Já o Teste da Orelhinha é realizado as segundas-feiras por uma fonoaudióloga, mediante agendamento pelo telefone (32) 3721-2003. 
 
Para realizar os testes, é necessário apresentar documentos da criança - como Cartão do SUS, cartão de vacina e Certidão de Nascimento – e da mãe, além de comprovante de residência. 
 
Este é o segundo local público na cidade que realiza o Teste do Pezinho. Além do Centro de Saúde da Mulher e da Criança, a Apae também está credenciada para este exame. “Nossa intenção é oferecer mais acessibilidade para as mães trazer seus bebês. Esses exames são muito importantes para a criança, pois identificam várias doenças que, se não diagnosticadas e tratadas, podem trazer complicações futuras”, explica a coordenadora do Centro, Eliane Freitas. 
 
Localizado na Rua Coronel Izalino, 106, Centro (próximo ao Hospital São Paulo), o Centro de Saúde da Mulher e da Criança – Mães de Muriaé compõe o Programa “Mãe Muriaeense”. Criado em 2018, no seu primeiro ano de funcionamento realizou 11 mil atendimentos, entre consultas médicas e exames.
 
Testes previnem doenças – O Teste do Pezinho faz a triagem de seis doenças: fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme, fibrose cística, deficiência de biotinidase e hiperplasia adrenal congênita. O exame é simples. Ele deve ser feito preferencialmente entre o terceiro e o quinto dia de vida do bebê, a contar da data do nascimento. Porém, pode ser colhido também até 29 dias de vida. Vale frisar que essas doenças são tratáveis e todo o tratamento é oferecido de forma gratuita pelo SUS.
 
Já o Teste da Orelhinha possibilita a identificação precoce de possíveis perdas auditivas nos recém-nascidos. O diagnóstico precoce é fundamental para uma intervenção eficaz antes do período da aquisição da fala, possibilitando um melhor prognóstico, já que os primeiros anos de vida da criança são determinantes para o desenvolvimento da oralidade. É um exame é indolor, não tem contraindicações e dura em torno de 10 minutos.
 


Fonte : Ascom Prefeitura de Muriaé




COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES