Muriaé Céu nublado com chuvaMax 28º
Min  19º
POLÍCIA | 12/06/2019 « Voltar

Vereadores retiram de pauta projeto de lei que altera normas do Conselho Municipal de Saúde

Vereadores retiram de pauta projeto de lei que altera normas do Conselho Municipal de Saúde


A proposta de retirar o projeto foi feita pelo vereador, Reginaldo Roriz e atendida pelo líder do executivo na câmara

A vereadora, Miriam Facchini leu o relatório enviado pela CBA atestando a segurança da barragem de Miraí

O vereador, Jair Abreu falou sobre a inauguração do sexto andar do HSP




Durante a reunião na Câmara dos Vereadores na noite desta terça-feira (11) foi retirado de pauta um projeto de lei que prevê modificações no Conselho Municipal de Saúde.

A ideia de retirar o projeto de pauta partiu do vereador, Reginaldo Roriz (PSD) que usou a tribuna explicando que o conselho é uma oportunidade para a sociedade e principalmente usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) acompanhar de perto os serviços prestados no município.

De acordo com o vereador, o projeto previa mudanças na composição do conselho que diminuiria a participação da sociedade, deixando mais burocrático.

Durante a reunião, a vereadora Miriam Facchini (PSDB) também usou o plenário e falou sobre o relatório enviado pela Companhia Brasileira de Metais (CBA) que atesta a segurança da barragem de Miraí. No relatório a empresa deu detalhes de diversas normas de segurança realizadas diariamente no local e que a barragem frequentemente recebe auditorias internas e externas.

O vereador, Jair Abreu(PT)  manifestou sobre a inauguração do sexto andar do Hospital São Paulo. Ele espera que a nova ala que contém 17 quartos e 34 leitos contemple pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e não somente a pacientes atendidos de forma particular.

 



Fonte : Rádio Muriaé




COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES