Muriaé Intervalos de nublado com chuva leveMax 31º
Min  20º
JORNALISMO | 03/08/2021 « Voltar

Após um ano e meio de espera, alunos das escolas municipais retornam às aulas presenciais nesta terça-feira

Após um ano e meio de espera, alunos das escolas municipais retornam 
às aulas presenciais nesta terça-feira









Após muita ansiedade e espera, mais seis escolas municipais retornaram as aulas presenciais em Muriaé nesta terça-feira (03). Antes de o portão abrir, muitos alunos já esperavam do lado de fora o momento de sentar na carteira, reencontrar os amigos e assistir a explicação dos professores sem ser pela tela de um computador ou celular.

Afinal de contas, foram praticamente um ano e meio sem sentir essa sensação. Até mesmo aqueles que não gostavam muito de estudar sentiram falta do ambiente escolar.

A reabertura das escolas municipais acontece de forma gradativa. Nesta terça-feira voltaram às atividades as escolas;

. Maria Cléria Ticon Carneiro

. Maria Quitéria

. Sebastião Laviola

. Irene Pereira Dias Nunes

. Professora Elza Rogério

. Terezinha Maria Ribeiro

Na segunda-feira, outras nove escolas já haviam retornados às atividades. São elas;

. Professora Maria Amélia

. Oduvaldo Aleixo

. Gilberto José Tânus Braz

. Odaléia de Azevedo

. Dr. Antônio Canêdo

. Candido Portinari

. Stela Fideles

. Valvino dos S. Mendes

. Emiro T. Siqueira

Por enquanto o retorno ainda não é obrigatório. Os pais que optarem, podem manter seus filhos em casa, acompanhando as aulas de forma online.

Em entrevista à Rádio Muriaé, a Secretária Municipal de Educação, Maria Amélia Xaia detalhou todas as implantações de protocolos de segurança que alunos e professores terão que se adequar nos próximos meses, durante a pandemia. Cada aluno receberá uma garrafinha para beber água, dezenas de borrifadores de álcool foram distribuídos nas salas, além da compra de tapetes sanitizantes, lixeiras com pedal e o distanciamento de 1,5m que será mantido dentro das salas de aula, dentre outras adequações.

Todas as mudanças foram realizadas em parceria com a Vigilância Sanitária do município que visitou as instalações escolares para saber se os espaços tinham condições de receber os alunos.

Segundo a Secretária Adjunta, Andréa Medina, uma equipe multidisciplinar foi nomeada para prestar suporte a todos os profissionais e alunos durante esse período de adequação.

Recentemente uma reunião online foi realizada com o infectologista do município, Daniel Licy com os supervisores escolares. Durante a reunião, o infectologista destacou os protocolos adotados e disse que os professores tem o privilégio de retornar as atividades com uma dose da vacina aplicada e a segunda aplicação bem próxima de ser realizada. Privilégio que os profissionais da saúde não tiveram. Eles  trabalharam durante meses, sem previsão de imunização.

 

 



Fonte : Rádio Muriaé




COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES