Muriaé Céu claroMax 35º
Min  20º
JORNALISMO | 14/01/2022 « Voltar

Estado prorroga prazo para a realização de matrículas por mais uma semana

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, o motivo da prorrogação é devido as fortes chuvas que afetaram dezenas de municípios mineiros

Estado prorroga prazo para a realização de matrículas por mais uma semana
Só na região de Muriaé coberta pela Superintendência de Educação, são 39 escolas espalhadas por Muriaé e cidades adjacentes

A Secretaria de Estado de Educação prorrogou para o dia 21 de janeiro o prazo para a realização das matrículas presenciais. Ou seja, os pais e os jovens maiores de 18 anos ganharam mais uma semana para comparecer a escola a qual o estudante foi encaminhado para iniciar o ano letivo em 2022.

O motivo da prorrogação é devido as fortes chuvas que afetaram dezenas de cidades do Estado, o que dificultou a realização das matrículas. As alterações foram publicadas no Diário Oficial de Minas Gerais esta semana.

Os inscritos no Sistema Único de Cadastro e Encaminhamento para Matrícula (Sucem) podem consultar a escola para qual o estudante foi encaminhado acessando o site cadastroescolar.educacao.mg.gov.br.

 A distribuição dos alunos inscritos no Sucem foi realizada de acordo com a disponibilidade de vagas por turno, o espaço físico de cada escola, o tipo de atendimento prestado e o nível de ensino disponibilizado.

Só na região de Muriaé coberta pela Superintendência de Educação, são 39 escolas espalhadas por Muriaé e cidades adjacentes. Em Muriaé são mais de sete mil alunos. 

Para a realização da matrícula é necessário que os pais ou responsável do aluno ou até mesmo o próprio aluno, se for maior de 18 anos, apresentem uma série de documentos. Confira quais são;

- Documento de Identidade ou, na sua ausência, Certidão de Nascimento/Casamento do aluno, original e cópia;

- CPF do aluno, original e cópia, sendo obrigatória a apresentação se for maior de idade e facultativa se menor de idade;

- Comprovante de residência, original e cópia, no nome de um dos pais/responsáveis ou do aluno, quando maior de idade;

- Histórico Escolar ou Declaração de Transferência, com indicação do ano de escolaridade que o aluno está habilitado a cursar em 2022, ficando o documento original na escola;

- Histórico Escolar ou Declaração de Conclusão do Ensino Médio ou Parecer da Secretaria de Estado de Educação e publicação de Equivalência de Estudos, concluídos no exterior, ao ensino médio brasileiro, para o candidato/aluno que for ingressar no curso técnico na forma subsequente; ou

- Histórico Escolar ou Declaração de Escolaridade, comprovando matrícula no ensino médio, para o aluno que for ingressar no curso técnico na forma concomitante.

Para o aluno menor de idade é necessária, ainda, a apresentação de documento de identidade e do CPF, originais e cópias, de um dos pais/responsáveis.

 



Fonte : Rádio Muriaé




COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES