Lucleiton de Oliveira Gomes foi morto no dia 31 de julho de 2021 Foto: Arquivo Rádio Muriaé

Terminou na tarde desta terça-feira (29) o julgamento dos dois réus acusados de assassinar o jovem Lucleiton de Oliveira Gomes. Ele tinha 20 anos e era morador do bairro Santana.

Um dos envolvidos foi condenado a 16 anos de prisão e o outro rapaz a 12 anos, os dois em regime fechado. De acordo com a advogada assistente de acusação, Keila Dias, a condenação foi satisfatória. “O modus operante foi extremamente bárbaro e grotesco. Saímos daqui hoje com a tranquilidade que demos o melhor”, disse a advogada.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, Lucleiton foi jogado no Rio Muriaé. Ainda segundo a advogada, várias versões foram relatadas pelos réus no decorrer do processo, mas eles confessaram a autoria do crime.

Segundo o inquérito, os autores foram até a casa da vítima, pediram para que ele fosse comprar drogas, quando voltou os três consumiram os entorpecentes e em seguida, um deles acertou a cabeça de Lucleiton com uma pedra.

Não satisfeitos, os autores ainda o espancaram e só depois jogaram o corpo no Rio Muriaé ainda com vida.  Os réus foram defendidos pela Defensoria Pública.

Lucleiton foi morto no dia 30 de julho de 2021. À época, seu corpo foi encontrado boiando às margens do Rio Muriaé, na altura do bairro Santana.

Siga a Rádio Muriaé através de nossas redes sociais, clicando nos ícones abaixo: