Muriaé passou de 109.997 para 103.649, apresentando 5,77% em relação à estimativa anterior

Muitas cidades da Zona da Mata apresentaram diminuição populacional no Censo 2022.

Muriaé, Cataguases, Leopoldina e Ubá, foram algumas das cidades que apresentaram redução populacional, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado nesta quarta-feira (28). O dado é baseado nas coletas realizadas pelo Censo Demográfico 2022 até o dia 25 de dezembro.

Seguindo um modelo estatístico, o IBGE entrega um resultado prévio do ano de 2022 a partir dos 83,9% da população recenseada no Censo 2022. Os dados poderão sofrer alterações após a conclusão do levantamento, prevista para fevereiro de 2023.
No levantamento divulgado nesta quarta-feira, Juiz de Fora se mantém como a maior cidade da região em população de Minas Gerais. O Censo indicou que Muriaé passou de 109.997 para 103.649, com isso uma redução de aproximadamente 5,77% em relação à estimativa anterior.

Uma alteração de destaque no levantamento ocorreu entre os municípios de Ubá e Muriaé, que trocaram de posição em relação às maiores populações da região. Muriaé agora ocupa o 3º lugar, com 103.649 habitantes e Ubá fica em 4º, com 98.705 pessoas.

Comparativo populacional das cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes

CidadeCenso 2022Estimativa 2021
Juiz de Fora557.777577.532
Barbacena122.894139.061
Muriaé103.649109.997
Ubá98.705117.995
São João del Rei93.77890.897
Viçosa85.11979.910
Cataguases68.21475.942
Leopoldina49.02052.690
Santos Dumont44.14046.357
Visconde do Rio Branco38.49343.351

Siga a Rádio Muriaé através de nossas redes sociais, clicando nos ícones abaixo: