Foi marcado o julgamento do 2º Sargento da Polícia Militar, Ralf de Andrade Maciel. Ele é acusado de assassinar a própria prima no dia 02 junho de 2021, moradora da Barra. O julgamento está agendado para acontecer no dia 30 de agosto.
De acordo com a defesa do PM, a previsão é que o julgamento seja demorado e não termine apenas no primeiro dia.

Relembre o caso

Nayara Andrade de 34 anos foi baleada dentro de seu salão de Beleza na Barra. Segundo informações apuradas à época, um homem encapuzado chegou, pediu o celular da vítima, efetuou vários disparos e em seguida, fugiu em um carro sentido o bairro Dornelas.
Ela chegou a ser socorrida com vida ao Hospital São Paulo, prestou depoimento à Polícia Civil, mas dias depois, não resistiu aos ferimentos e faleceu.

As investigações

Após o crime, a Polícia Civil através da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) iniciou uma série de procedimentos de investigação, até chegar no nome do principal suspeito. Na época, a polícia chegou ao autor do crime por meio das câmeras de segurança e constatou que esse homem era o próprio primo da vítima, que forjou documentos para receber os valores do seguro de vida contratado por ela. O carro utilizado no crime também foi apreendido.
Ralf foi preso dentro de um estabelecimento comercial e levado para o 21º Batalhão da Polícia Militar de Ubá onde segue detido a espera do julgamento.

Siga a Rádio Muriaé através de nossas redes sociais, clicando nos ícones abaixo: