A Polícia Civil cumpriu nesta quinta-feira (23) um mandado de busca e apreensão na residência de um dos envolvidos na morte do porteiro Júlio César de 38 anos, assassinado no dia 13 de fevereiro deste ano, em uma boate localizada às margens da BR-116 em Muriaé.

Segundo informações do delegado responsável pelo caso, Glaydson Souza, o rapaz é apontado como mandante do homicídio. Durante as buscas foram encontradas grande quantidade de cocaína e dinheiro.

O suspeito, ao perceber a chegada da polícia, tentou suicidar, ficando em cima de um telhado, mas foi contido pelos policiais. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o conduziu para o Prontocor.

A busca e a apreensão faz parte da operação “Lascívia” em que são investigadas pessoas envolvidas no crime. O carro do suspeito foi revistado. Duas mulheres foram conduzidas como testemunhas para prestar depoimento.

Siga a Rádio Muriaé através de nossas redes sociais, clicando nos ícones abaixo: