Dois homens foram presos pela Polícia Civil na tarde desta quinta-feira (16) durante o cumprimento da operação “Lascívia”. Eles são os principais suspeitos de terem assassinado o segurança, Júlio César da Silva de 38 anos.

O homicídio aconteceu na madrugada desta segunda-feira em uma boate localizada na BR-116, na altura do bairro Bela Vista. Após o crime, os bandidos fugiram em uma moto. Júlio César foi morto com um tiro nas axilas.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Glaydson de Souza, o motivo da morte foi passional. Testemunhas afirmaram que Júlio Cesar teria procurado se envolver com a mulher de um dos autores, que segundo ele, é traficante de drogas. Ainda segundo o delegado, Júlio César confessou para amigos mais próximos que temia ser morto.

A moto e a arma utilizada no crime foram apreendidas próximo a Ervália. Eles foram presos de forma temporária e em 60 dias o inquérito será concluído e apresentado à justiça.

Siga a Rádio Muriaé através de nossas redes sociais, clicando nos ícones abaixo: