O policial penal foi preso em casa e não resistiu a prisão

Uma operação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Penal de Minas Gerais na tarde desta sexta-feira (17), resultou na prisão de um Policial Penal de 40 anos, lotado na Penitência Dr. Manoel Martins Lisboa Júnior, em Muriaé.

A ação foi coordenada pela Agência de Inteligência e Informações Policiais (AIP) da 4a Delegacia Regional de Polícia Civil de Muriaé e contou com a participação de membros da Corregedoria da Polícia Penal.

O Suspeito, que não teve a identidade divulgada, foi preso em sua residência, no Bairro João XXIII e não resistiu a ação policial. Há cerca de dois dias, ele foi internado no Hospital São Paulo, por conta da ingestão de diversos medicamentos.

A investigação aponta para a participação do Suspeito prestando auxílio material a Detentos de uma facção criminosa, favorecendo o ingresso de Aparelhos Celulares e outros itens proibidos na Unidade Prisional em troca de vantagem financeira.

Imagens do Circuito Interno da Penitenciária registraram o momento em que o Policial Penal entrega uma sacola, contendo Aparelhos Celulares a um Detento, que se encarrega de levá-los até os beneficiários, em um dos Pavilhões. Alegando problemas psiquiátricos o Policial Penal encontrava-se afastado de suas funções.

Os trabalhos investigativos seguem em andamento e a previsão de conclusão do Inquérito é de 30 dias.

Fonte: Rádio Muriaé

Siga a Rádio Muriaé através de nossas redes sociais, clicando nos ícones abaixo: