Outro profissional que também trabalhava foi atingido e ficou ferido
Fórum Tabelião Pacheco de Medeiro onde aconteceu o julgamento

Dois réus acusados do assassinato de um frentista e que deixou outro profissional ferido, foram condenados a mais de 20 anos de prisão nesta quinta-feira (09) no fórum de Muriaé.

Considerado como mandante, o homem de 26 anos, foi condenado a 21 anos e cinco meses de prisão em regime fechado. Já o condutor da motocicleta, de 21 anos, foi condenado a 17 anos e quatro meses também em regime fechado.

No dia do crime, em março de 2022, os dois chegaram em uma moto atirando no posto de combustíveis, que fica as margens da BR-356 próximo a entrada do Bairro Marambaia, matando um frentista que ainda tentou correr e morreu minutos depois, e ferindo o outro trabalhador do local que foi socorrido pelo Samu e sobreviveu.

Horas após o ocorrido, os dois principais suspeitos foram presos pela Policia Militar e Policia Civil. Questionados da motivação da ação que chocou toda a população, eles alegaram que o principal motivo seria “ciúmes” de sua companheira que atuava na loja de conveniência do próprio estabelecimento.

Na decisão, a juíza leu as sentenças após analisar todos os autos e ouvir os depoimentos da defesa e da acusação, proferindo assim a condenação dos dois acusados após júri popular.

Relembre o caso:

https://radiomuriae.com.br/portal/tiroteio-em-posto-de-combustiveis-deixa-um-frentista-morto-e-outro-ferido-na-entrada-do-bairro-marambaia/

https://radiomuriae.com.br/portal/homicidio-de-frentista-comeca-a-ser-desvendado-e-primeiro-suspeito-e-preso-no-centro-de-muriae/

https://radiomuriae.com.br/portal/movido-por-ciume-a-ordem-era-para-matar-todos-os-frentistas-que-estavam-no-posto-diz-delegado-de-homicidios/

 

Siga a Rádio Muriaé através de nossas redes sociais, clicando nos ícones abaixo: