Trabalhadores de Muriaé que foram afetados pelas chuvas no início do ano, já podem solicitar, até o dia 04 de julho, o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade. Além de Muriaé, moradores de outras cidades do Brasil também terão direito ao saque. O valor máximo para o saque é de R$ 6.220.

A Caixa Econômica Federal informou que para a realização do saque não será necessário comparecer à agência. Basta o beneficiado baixar o aplicativo FGTS, disponível para android e IOS.

Saiba como solicitar o benefício

Após o download do app FGTS e com informações de cadastro inseridas, vá na opção “Meus saques” e selecione “Outras situações de saque”. Clique em “Calamidade pública” — e informe o município.

Será necessário ter em mãos documento de identidade (também são aceitos carteira de habilitação ou passaporte) e comprovante de residência (conta de luz, água ou outro documento recebido via correio) em nome do trabalhador emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade. Caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro (a), é necessário ainda enviar Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável.

Depois disso, selecione no aplicativo a opção para creditar o valor em uma conta da Caixa ou de qualquer outro banco e envie a solicitação. O prazo para retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de cinco dias úteis.

De acordo com a Secretária de Desenvolvimento Social, Eveline Amaral, as pessoas que tiverem dúvidas sobre como solicitar o saque, poderão se dirigir até um CRAS mais próximo. Uma assistente social estará auxiliando nos procedimentos.

Siga a Rádio Muriaé através de nossas redes sociais, clicando nos ícones abaixo: