Muriaé Cielos NubladoMax 25º
Min  12º
ESPORTE | 18/11/2018 « Voltar

UFC : Muriaeense Poliana Botelho perde luta para Cynthia Calvillo em Buenos Aires

UFC : Muriaeense Poliana Botelho perde luta para  Cynthia Calvillo em Buenos Aires
Foto : gettyimages

Na única luta feminina do UFC Buenos Aires, a peso-palha brasileira Poliana Botelho abriu o card principal do evento diante da americana Cynthia Calvillo. Com uma atuação segura e consistente, Calvillo demonstrou superioridade no jogo de chão e finalizou a brasileira aos 4m48s do primeiro round com um mata-leão. A americana recuperou-se da derrota para Carla Esparza na sua última luta - a sua única em nove lutas como profissional. Já Poliana Botelho sofreu sua primeira derrota no UFC, e a segunda em nove lutas na carreira.

A luta começou com as duas lutadoras trocando chutes. Calvillo travou sua perna na quarta vez em que a brasileira chutou e a derrubou, mas Poliana levantou-se imediatamente. A americana entrava e saía do raio de ação da brasileira, buscando conectar seus golpes e afastar-se para evitar a sua maior envergadura. A dois minutos do intervalo, a americana conseguiu derrubar Poliana, caindo com a guarda passada e passando a usar os cotovelos de cima para baixo. Após alguns instantes, Calvillo acertou seu posicionamento e encaixou um mata-leão muito justo, que obrigou a brasileira a bater, desistindo do combate.



Fonte : SPORTV Combate




COMENTÁRIOS 2


Ozy
Postado no dia 18/11/2018 - 17:08 Cidade: Muriae - MG
» Poliana continue lutando, sempre nos represente, as vitórias virão. abraço


SAFIK SALLES
Postado no dia 18/11/2018 - 08:19 Cidade: MURIAÉ - MG
» QUE PENA, NÃO DESISTA, VOCÊ É UMA LUTADORA, GUERREIRA, DE MUITA QUALIDADE, CONTINUE ESTAMOS TORCENDO POR VOCÊ.

COMENTAR
Não use palavras ofensivas ou “palavrões”, calúnias, difamações ou ataques pessoais a honra de alguém: O uso destas palavras agressivas e vexatórias é expressamente proibido neste site. Ao conteúdo deste jeito, o seu comentário será recusado e excluído.

Nome:
E-mail:
Cidade:
UF:
Comentário:


    












PUBLICIDADES