Policiais militares no local após o esfaqueamento

Uma mulher de 36 anos foi esfaqueada na noite deste domingo (12) após sair da igreja católica, em Bom Jesus da Cachoeira, próximo a um trailer.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, o principal suspeito é seu ex-marido, a qual tinha uma medida protetiva contra a vítima.

Ainda de acordo com a PM, a mulher estava acompanhada de duas amigas na hora do crime. O rapaz, minutos antes do esfaqueamento, passou pela vítima e a ameaçou. Pouco tempo depois, ele voltou com uma faca e a golpeou por quatro vezes. As facadas atingiram o pescoço e a região da barriga.

Ela foi socorrida por populares e levada às presas para o Hospital São Paulo. Procurado, o hospital disse que a vítima deu entrada no Pronto Socorro, foi atendida e depois liberada. Testemunhas informaram que a medida protetiva foi acionada após o suspeito a ter estuprado logo após o divórcio.

A Polícia Militar foi acionada, esteve no local, realizou um intenso rastreamento no distrito, mas ninguém foi preso.

Siga a Rádio Muriaé através de nossas redes sociais, clicando nos ícones abaixo: